3 (SUPER FÁCIL) MANEIRAS DE REPARAR DISFUNÇÃO ERÉCTIL MEDICAMENTE INDUZIDA

Se você está tomando medicamentos para tratar a pressão arterial, depressão, dor, alergias, inflamações, convulsões ou problemas cardíacos, você é uma das dezenas de milhões de pessoas com risco de disfunção erétil induzida pela medicina. É apenas a natureza dos efeitos colaterais das drogas. No entanto, a disfunção erétil é um dos efeitos colaterais menos falados dos medicamentos prescritos.

Leia também: Impotência sexual masculina e feminina

Tomar esses medicamentos que salvam vidas não significa escolher entre sua saúde e uma vida sexual saudável. A disfunção erétil medicamente induzida é algo que você (e seu médico) pode consertar. Você só precisa fazer algumas perguntas simples. Aqui estão três maneiras super fáceis de corrigir a disfunção erétil induzida pela medicina. Não mesmo.

DISFUNÇÃO ERECÍVEL MEDICAMENTE INDUZIDAdisfunção erétil medicamente induzida

As ereções são extremamente complicadas e surpreendentemente frágeis. As ereções envolvem sinais químicos, impulsos nervosos, alterações complicadas da pressão arterial e adequação geral em sistemas que variam do coração e hormônios ao humor. Quando a medicação altera a forma como um desses fatores funciona como quedas na pressão sangüínea ou medicação para depressão a DE é um efeito colateral comum. O problema com esses efeitos colaterais medicamente previsíveis e completamente previsíveis é como as pessoas reagem.

Quando a maioria dos homens experimenta ED como um efeito colateral da medicação, eles normalmente fazem uma das duas coisas:

Pare de tomar sua medicação (muito importante)Viver com EDNenhuma delas é uma opção ideal, por razões óbvias.

Lidar com ED não é algo com que você deva “lidar” apenas para se manter saudável. A saúde sexual e uma vida sexual ativa são partes integrantes da sua saúde e bem-estar. Você não deve sacrificar uma parte importante da sua vida para servir outra pessoa.

Como médico de cuidados primários, meu trabalho mais importante é adaptar o tratamento para meus pacientes enquanto ainda tomo decisões com base na literatura médica. Então, quando os pacientes me dizem que o tratamento deles está causando efeitos colaterais indesejáveis ?- como disfunção erétil -, eu trabalho com eles para criar um plano para tratar a doença e, ao mesmo tempo, encontrar uma maneira de aliviar esses efeitos colaterais. Felizmente, existem maneiras de lidar com ED induzida por medicamente.

Enquanto praticava medicina com populações carentes, eu precisava tratar uma grande variedade de condições com recursos limitados. Eu tive que ser criativo. Como resultado, desenvolvi essa abordagem de três etapas para lidar com a disfunção erétil induzida pela medicina que funciona na grande maioria das vezes.

PASSO 1: A MINHA MEDICAMENTAÇÃO AINDA É NECESSÁRIA?O primeiro passo no processo é sempre reavaliar se a medicação que está causando o problema é necessária, em primeiro lugar. Você ainda precisa do (s) medicamento (s) que está tomando? Quando você está sofrendo de disfunção erétil induzida pelo médico, este deve ser o seu ponto de partida. Obviamente, você não deve tomar essa decisão por conta própria. No entanto, reavaliar sua necessidade de medicação pode ser uma conversa simples com seu médico. Lembre seu médico sobre os medicamentos que você está tomando e explique os sintomas ou efeitos colaterais, como disfunção erétil. Sair da medicação pode soar como um passo extremo, mas eu já vi muitos exemplos disso na prática.

Um paciente tomou Xanax por anos após sua prescrição inicial durante um período particularmente estressante em sua vida. Ele simplesmente continuou tomando, porque ninguém disse a ele para parar, mesmo que ele não precisasse mais. Em muitos casos, a remoção do excesso de medicação pode, sozinho, corrigir muitos casos de disfunção erétil induzida por medicamentos.

PASSO 2: HÁ UMA MEDICINA ALTERNATIVA?Se sua medicação ainda for necessária, o próximo passo é verificar se existe uma medicação alternativa que possa tratar sua condição sem causar disfunção erétil. Um bom exemplo disso é um paciente que toma beta-bloqueadores (propranolol) para prevenir enxaquecas.

Se o paciente experimenta ED devido ao propranolol, podemos ver se ele experimenta o mesmo benefício de Topamax, que também é usado para prevenir enxaquecas e geralmente não é associado com ED.

Existem muitos medicamentos alternativos. Acredite em mim. Fale com o seu médico sobre os efeitos colaterais e os resultados desejados (ou seja, você quer que suas ereções voltem) para ver se você pode conceber uma estratégia de tratamento diferente que funcione para ambos.

PASSO 3: É VIAGRA OU CIALIS DIREITO PARA MIM?Apesar de todas as opções e alternativas, às vezes não há alternativa adequada para uma receita que contribui para a disfunção erétil. Você pode ter uma reação adversa a um determinado medicamento ou uma alternativa não está disponível em seu estado, plano de seguro de saúde ou seu orçamento. Existem boas razões para você ter prescrito sua medicação original em primeiro lugar.

Um exemplo disso é um paciente que toma Paxil para controlar sua depressão grave. Ele não responde bem a outras terapias, mas o Paxil está causando ED. Neste caso, sua melhor opção é tratar o DE diretamente com medicamentos ED convencionais, como Viagra, Cialis e Levitra.

Se você e o seu médico decidirem tomar esta terceira abordagem ao tratamento de medicamentos

Alternativa para tratamento da alopecia androgenética: suplemento natural Volufios – Dica do Site

Volufios 1

Volufios , o novo produto natural que ganhou prêmios internacionais, Volufios anti queda!

Healthy Pizza Party Receitas – DIY Pizza

Berry Citrinos Rosa Sangria

Um faz-de-frente, soco ou sangria liberta-o para as mãos-uma pizza de decisão. Definir as garrafas de seltzer, para que os hóspedes podem escolher fazer deles brilho.

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de sumo de limão fresco
  • 1/4 de xícara de açúcar
  • 2 garrafas de rose (750 ml cada)
  • 2/3 xícara de licor de laranja, como o Cointreau
  • 1 laranja, cortadas em rodelas finas
  • 2 limões, cortados em fatias finas
  • 1 xícara pequena de morangos, cortados em
  • 1 xícara misto de mirtilos e framboesas
  • 3 xícaras de cubos de gelo

    Modo de tomar:

    1. Em um punch bowl, misture o suco de limão e o açúcar até que o açúcar se dissolva. Adicionar a rosa, o licor de laranja e frutas.
    2. Leve à geladeira até ficar gelada, pelo menos, 30 minutos, para absorver o fruto. Adicione cubos de gelo e servir.

            FAZ 12 PORÇÕES Por porção: 177 cal, 0 g de gordura, carboidratos 21 g, 8 g de açúcar, 7 mg de sódio, 1 g de fibra, 0 g de proteína

            A História 3 Refeições Que, Na Verdade, Melhorar O Seu Humor

            Limão Hortelã Spritzers

            Ingredientes:

            • 1 xícara de açúcar
            • 3 ramos de hortelã, além de folhas para enfeitar
            • 1 xícara de suco de limão fresco (de 5 limões), além de fatias para enfeitar
            • 6 xícaras de frio seltzer

              Modo de tomar:

              1. Levar o açúcar, a hortelã e 1 xícara de água para ferver; mexa até que o açúcar se dissolva. Deixe esfriar completamente.
              2. Tensão de xarope, pressionando a hortelã. Leve à geladeira até ficar gelada, até 1 semana; você vai ter cerca de 1 1/2 copos.
              3. Em uma grande jarra, misture o suco de limão com 1/2 xícara de xarope de hortelã (restos de calda é grande para coquetéis); adicionar seltzer. Servir com gelo; decore com raminhos de hortelã e rodelas de limão.

                      FAZ 8 PORÇÕES Por porção: 55 cal, 0 g de gordura, 15 g de carboidratos 13 g de açúcar, 38 mg de sódio, 0 g de fibra, 0 g de proteína.

                      Triplo Mergulho De Cebola

                      Ingredientes:

                      • 1 cabeça de alho
                      • 1 colher de mais 1 Colher de sopa de azeite de oliva
                      • 1 grande de doce, cebola, cortada em fatias
                      • 1 colher de chá de sal kosher, dividido
                      • 1/4 de colher de chá de pimenta-do-reino
                      • 2 xícaras simples de 2% iogurte grego
                      • 2 Colheres (sopa) de cebolinha fresca picada, além de mais para servir

                        Modo de tomar:

                        1. Pré-aqueça o forno a 400°f). Lop fora do topo da cabeça de alho, apenas para expor os dentes, e definir em uma folha de papel alumínio. Regue com 1 colher de chá de óleo, enrole para delimitar e definir em uma assadeira.
                        2. Na mesma assadeira, misture a cebola com 1 colher de sopa de óleo e 1/2 colher de chá de sal. Leve ao forno, mexendo a cebola, ocasionalmente, até que o alho e as cebolas estejam macias e douradas, de 40 a 45 minutos.
                        3. Deixe esfriar e, em seguida, esprema o alho cravos da pele em um processador de alimentos. Adicione a cebola, o iogurte, o restante 1/2 colher de chá de sal, e a pimenta; misture até que fique cremosa. O pulso de cebolinha. Transfira para uma tigela e leve à geladeira, coberto, até a hora de servir com crudites. Polvilhe com mais cebolinha.

                                FAZ 8 PORÇÕES Por porção: 80 cal, 4 g de gordura (1 g sat), 7 g de carboidratos, 4 g de açúcar, 263 mg de sódio, 1 g de fibra, 5 g de proteína.

                                A História 30 Naturalmente Sem Glúten

                                Grelhado Pessoal Pizzas

                                Pegar a massa de pizza em seu supermercado ou a sua pizzaria local. Você vai precisar de cerca de quatro gramas de massa por pessoa (pense: o tamanho de uma bola de tênis), de modo a obter duas libras para uma festa de oito. (Não se esqueça de fator de descongelamento de tempo, se necessário!)

                                Em seguida, defina fora de um bar de seu favorito coberturas de pizza—já preparado e cozido—manter DIY montagem de uma brisa.

                                Modo de tomar:

                                1. Deixe uma massa de pizza sentar-se à temperatura ambiente por 30 minutos. (Se for muito frio, ele vai encolher durante o alongamento.) Puxe para 8 polegadas rodadas e definir a farinha forrada de tábuas de corte ou assadeiras.
                                2. Escova tops com azeite e cubra com filme plástico até que esteja pronto para uso. Aqueça o grill para média-alta e, em seguida, óleo de grelhas.
                                3. Slide de massa de pizza para as grelhas e grelhe até marcas formulário abaixo, cerca de 4 minutos.
                                4. Flip, em seguida, de cima cozido a lado com os ingredientes desejados. Tampa e grelha até que a massa é crocante por baixo e coberturas são aquecidos através de, cerca de 4 minutos mais.

                                        FAZ 8 PORÇÕES (se estiver usando dois quilos de massa). Nutrição varia dependendo da quantidade e tipo de massa e coberturas utilizadas.

                                        Este artigo foi publicado originalmente em Maio de 2018 problema de Saúde da Mulher. Para mais ideias, pegar uma cópia em bancas agora!

                                        Corrize em casa esta saudável receita com a fantástica frigideiras anti aderente GoldChef ! Veja abaixo:

                                        goldchef 4

                                        GoldChef Entenda como centenas de mães como Isabella Santos estão cozinhando e estão inovando a forma de cozinhar com a fantástica conjunto de panelas: panela GoldChef !!!

                                        Causas mais comuns da Impotência Sexual e Ejaculação precoce

                                        Você sabia que pressão alta, colesterol alto, diabetes, aumento benigno da próstata (HPB), distúrbios neurogênicos, distúrbios endócrinos, doença renal e abdome abdominal ou inferior podem causar problemas de ereção?

                                        Pode ser um pouco assustador ;experimentar ;problemas de ereção ;no início especialmente se você não sabe por que isso ocorre. ;Não é incomum a ansiedade assumir o controle e o auto-diagnóstico de seus sintomas e pode pensar que há uma falha no relacionamento de alguém. ;Mas, às vezes, especialmente em homens mais velhos, a disfunção sexual pode ser o resultado de uma condição física subjacente; ;e para alguns, pode ser um indicador de uma doença não diagnosticada sua.

                                        O processo de disfunção erétil é complicado. ;Envolve a transmissão de sinais nervosos do cérebro, da medula espinhal ao pênis para então poder enviar sangue de maneira suave e irrestrita ao pênis, mais especificamente ao corpo inchado do homem (também chamado corpo cavernoso). ;Se qualquer parte da cadeia for interrompida, a capacidade de um homem alcançar uma ereção suficiente para a relação sexual pode ser insuficiente, independentemente de o homem em questão estar excitado ou não.

                                        1. Pressão alta

                                        Pressão alta

                                        Uma das condições vasculares mais comuns, especialmente prevalente em homens com mais de 65 anos, é a pressão alta ;. ;A pressão alta pode ocorrer como resultado de alta ingestão de sal, obesidade ou obesidade, consumo excessivo de álcool ou tabagismo. ;

                                        Quando a pressão arterial está alta, o coração bate com mais força do que o normal, aumentando o efeito resistente das artérias. ;Isso, por sua vez, faz com que os vasos sanguíneos do corpo se tornem mais restritos e, eventualmente, leva a problemas circulatórios. ;Dessa maneira, o fluxo sanguíneo para o pênis pode ser perturbado ou reduzido, e a perda de força erétil se torna uma conseqüência.

                                        Vários estudos nessa área destacaram essa cadeia específica. ;Pesquisadores do Catar avaliaram em 2007 ;[1] ;a função erétil de 296 homens com pressão alta e 298 homens com pressão arterial normal. ;Verificou-se que cerca de dois terços, 66% dos homens com pressão arterial alta apresentaram problemas de ereção, enquanto menos de um quarto, 24% dos homens com valores normais de pressão arterial sofreram isso.

                                        1. Colesterol alto (gorduras no sangue)

                                        Colesterol alto (gorduras no sangue)

                                        Outra condição que pode restringir o fluxo sanguíneo é ;o colesterol alto ;. ;Isso pode levar à presença de gordura nas artérias, que por sua vez podem retardar o movimento do sangue no corpo e, potencialmente, até o fluxo sanguíneo no pênis. ;Assim como a pressão alta, isso pode ser devido a má alimentação, falta de exercício, alto consumo de álcool ou tabagismo.

                                        Leia também: Maca Peruana funciona!

                                        1. Diabetes

                                        Diabetes

                                        Cerca de 450.000 pessoas vivem com ;diabetes ;na Suécia. ;Destes, a maioria, 85-90%, tem diabetes tipo 2, também conhecido como diabetes. ;O diabetes é uma condição em que o corpo não produz insulina suficiente para controlar seus níveis de açúcar no sangue. ;Diabetes pode causar danos aos vasos sanguíneos, incluindo aqueles que monitoram a passagem de sangue para o pênis. ;Além disso, o diabetes também pode levar a danos nos nervos, os quais, por sua vez, podem inibir a transmissão da dopamina pelo organismo. ;A dopamina é a substância sinal que regula a alegria e o entusiasmo.

                                        Consequentemente, um grande número de homens com diabetes desenvolverá disfunção erétil. ;Segundo um estudo ;[2] ;, aproximadamente todos os outros diabéticos do sexo masculino apresentam disfunção erétil. ;Estudos sobre o assunto ;[3] ;também mostraram que homens com diabetes podem desenvolver disfunção erétil em um estágio inicial, até 15 anos antes do que se não tivessem diabetes.

                                        1. Ampliação benigna da próstata (BPH)

                                        Ampliação benigna da próstata (BPH)

                                        Não há correlação definida entre ;o aumento benigno da próstata (HBP) ;e a disfunção erétil, mas o certo é que os dois podem estar presentes simultaneamente. ;Os médicos no momento não sabem exatamente por que esse é o caso, mas alguns sugerem que sintomas da HBP, como ;O aumento da necessidade de urinar e insônia pode indiretamente levar à diminuição da libido também conhecida como frigidez ou distúrbio sexual hipoativo -, portanto, um desejo reduzido de sexo.

                                        Os médicos também descobriram recentemente que a cura diária do tadalafil, o ingrediente ativo do Cialis, pode ser um tratamento eficaz para o aumento benigno da próstata, onde estão presentes problemas de ereção. ;Isso permitiu à Administração Federal de Medicamentos dos Estados Unidos, entre outras coisas, permitir que o medicamento tratasse a hiperplasia prostática benigna. ;

                                        1. Distúrbios neurogênicos

                                        Distúrbios neurogênicos

                                        A impotência é na verdade uma consequência de condições que afetam o cérebro, medula espinhal e sistema nervoso. ;Um estudo recente ;[4] ;descobriu que mais da metade dos homens com esclerose múltipla (52,9%) apresentavam disfunção erétil. ;Outro estudo ;[5] ;, interessado na função sexual em homens com doença de Parkinson, descobriu que mais de dois terços, 68,4%, dos participantes do estudo apresentaram sintomas semelhantes. ;Outros estudos também mostraram uma correlação entre homens que tiveram um derrame e problemas de ereção.

                                        A condição acima mencionada inibe a capacidade das vias nervosas entre o pênis e o cérebro, mais especificamente a capacidade de comunicar sinais através do corpo e, portanto, pode causar problemas de ereção. ;Consistentemente, os sentimentos de excitação podem ser mais difíceis de alcançar, o que dificulta a interrupção.

                                        1. desordens hormonais

                                        desordens hormonais

                                        A disfunção erétil também pode ocorrer devido a distúrbios nos níveis hormonais do corpo. ;No entanto, é mais raro que a disfunção erétil esteja ligada a distúrbios endócrinos. ;Estudos descobriram pouco para sugerir que baixos níveis de testosterona estão diretamente ligados à disfunção erétil mesmo que baixos níveis de testosterona possam causar diminuição da libido.

                                        Níveis reduzidos de testosterona atuam em simbiose com os problemas de fluxo sanguíneo que causam disfunção erétil. ;O efeito dos tratamentos com testosterona no alívio da disfunção erétil também não é totalmente claro. ;A maioria dos médicos provavelmente aconselhará a tomar medidas para melhorar o fluxo sanguíneo no pênis antes de considerar um tratamento com testosterona.

                                        1. doença renal

                                        doença renal

                                        Devido à capacidade do rim de interromper o fluxo sanguíneo e causar danos nos nervos, a doença renal é considerada uma causa do desenvolvimento da disfunção erétil. ;A disfunção erétil também pode ser um efeito colateral dos tratamentos para doenças renais.

                                        1. dano

                                        dano

                                        Trauma e lesões no abdome inferior, na região genital ou perineal, podem ser outra razão pela qual ocorrem problemas de ereção. ;Isso pode levar a danos nos nervos ou vasos sanguíneos, o que interfere nos processos corporais necessários para a ereção.

                                        Conheça também: Viagra natural!

                                        É comum ter problemas de ereção e não há nada do que você precise se envergonhar. ;Como mencionado acima, afeta muitos homens, de diferentes idades, e podem ter causas diferentes. ;No Treated.com, você pode obter e renovar suas receitas com rapidez e segurança on-line. ;Você solicita sua prescrição preenchendo um questionário médico que é analisado por um de nossos médicos qualificados. ;Após a aprovação do seu pedido, o medicamento é enviado da farmácia registrada e será entregue no dia útil seguinte. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação sobre nossos tratamentos ou serviços, entre em contato com `Sempre converse com seu médico se suspeitar que seus problemas de ereção são causados ?por um ou mais dos fatores mencionados acima. ;O seu médico poderá sugerir um tratamento adequado para sua condição, o que, por sua vez, pode ajudá-lo a aliviar os problemas de ereção.

                                        hot blue caps 1

                                        Leia mais: Hot Blue Caps preço? O Sucesso do ramo de beleza dos cabelos que chegou no Brasil: Hot Blue Caps funciona mesmo progressiva de chuveiro que vem ajudando um grande número de mulheres em todo continente europeu a alisar os cabelos proporcionando beleza e saúde.

                                        Tratamento Natural Para Queda de Cabelo [ Top 5 Melhores ]

                                        A queda dos fios de cabelo está se tornando um problema bem comum tanto entre homens como mulheres. O que a maioria não sabe é que existe tratamento natural para queda de cabelo.

                                        O fato é que a queda de cabelo causa o receio é que essa perda dos fios progrida para a calvície ou alopecia, como também é conhecida.

                                        É necessário esclarecer que perdemos fios de cabelos diariamente e isto é normal, fazendo parte de um processo de renovação dos fios.

                                        De qualquer modo, se você perceber que a queda está mais intensa do que de costume, é hora de buscar ajuda profissional o quanto antes a fim de ter um bom prognóstico.

                                        Você pode observar este aumento de perda dos fios, por exemplo, na escova de cabelos, no seu travesseiro, no escoador (ralo) de água do banho e outros.

                                        Além de desejarmos ter aquele cabelo sedoso, cheio de brilho e saudável, o fato é que ninguém deseja ficar careca.

                                        Então se você está interessado e quer saber um pouco mais sobre o tratamento natural para queda de cabelo, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

                                        Causas da queda de cabelo

                                        HairPower

                                        As causas para a perda de cabelos são muitas como, por exemplo, má alimentação (carência de vitaminas), tratamentos químicos, genéticas, tratamento para determinadas doenças, depressão, nível de ferretina abaixo do indicado, anticoncepcionais, estresse e outros.

                                        É justamente por isso que o ideal é sempre começar o tratamento identificando a causa.

                                        É grande o número de pessoas que vem buscando um tratamento natural para queda de cabelos.

                                        É recomendado que, para obter resultados satisfatórios, sejam administrados pelo menos por três meses, salvo se surgir algum efeito colateral indesejado.

                                        Outra característica dos tratamentos naturais para queda de cabelos é que são muito mais eficientes na prevenção, embora também podem ajudar quando o problema já está se desenrolando.

                                        Dermatologistas afirmam que massagear o couro cabeludo é uma forma muito eficiente de evitar ou diminuir a queda de cabelos. A massagem incentiva a circulação aumentando a chegada de nutrientes e oxigênio naquela região.

                                        É uma prática simples que pode ser utilizada com o auxílio de vários produtos naturais para a queda de cabelos.

                                        Tratamento natural para queda de cabelo

                                        HairPower

                                        As causas para a perda de cabelos são muitas como, por exemplo, má alimentação (carência de vitaminas), tratamentos químicos, genéticas, tratamento para determinadas doenças, depressão, nível de ferretina abaixo do indicado, anticoncepcionais, estresse e outros.

                                        É justamente por isso que o ideal é sempre começar o tratamento identificando a causa.

                                        É grande o número de pessoas que vem buscando um tratamento natural para queda de cabelos.

                                        É recomendado que, para obter resultados satisfatórios, sejam administrados pelo menos por três meses, salvo se surgir algum efeito colateral indesejado.

                                        Outra característica dos tratamentos naturais para queda de cabelos é que são muito mais eficientes na prevenção, embora também podem ajudar quando o problema já está se desenrolando.

                                        Dermatologistas afirmam que massagear o couro cabeludo é uma forma muito eficiente de evitar ou diminuir a queda de cabelos. A massagem incentiva a circulação aumentando a chegada de nutrientes e oxigênio naquela região.

                                        É uma prática simples que pode ser utilizada com o auxílio de vários produtos naturais para a queda de cabelos.

                                        Tratamento natural para queda de cabelo

                                        HairPower

                                        O fato é que existem muitos tratamentos naturais que podem ser utilizados para a queda de cabelos. No entanto, o mais importante é ressaltar que eles servem como coadjuvantes no tratamento regular, principalmente em um primeiro momento.

                                        Dito isso, veja algumas sugestões de tratamento natural para queda de cabelo:

                                        • Óleo de coco

                                        É excelente para nutrir e fortalecer o couro cabeludo, prevenindo a queda dos fios, além de hidratar e agir acelerando o crescimento dos fios.

                                        Aplique o óleo de coco no couro cabeludo, em torno de 2 colheres de sopa, massageando até que todo o óleo seja absorvido.

                                        Faça essa aplicação com os cabelos secos. Coloque uma touca para aquecer. Deixe por mais ou menos 4 horas lavando os cabelos como você faz normalmente.

                                        • Aloe Vera (Babosa)

                                        A Babosa é um dos produtos naturais para o cabelo mais conhecido e muito encontrada em vários produtos industrializados. ; Ela age na limpeza dos folículos capilares, retirando o excesso de gordura do couro cabeludo que muitas é a causa do crescimento lento dos fios.

                                        A Babosa também nutre e regenera fortalecendo os fios deixando aquele aspecto brilhoso e bonito de cabelo saudável.

                                        Separe o gel da Babosa e bata no liquidificador (ou mixer). Espalhe no couro cabeludo e massageie. Deixe agindo por, mais ou menos, trinta minutos e depois lave bem os cabelos (como de costume), enxaguando bem.

                                        • Óleos essenciais. (Hortelã e Alecrim)

                                        Muitos óleos são indicados para fortalecer o couro cabeludo, mas de acordo com relatos de usuários, o Hortelã e o de Alecrim são os melhores como tratamento natural para queda de cabelo.

                                        Em combinação, eles agem estimulando o fluxo sanguíneos do couro cabeludo, fazendo com que os fios fiquem nutridos e fortalecidos.

                                        Misture 3 gotas de óleo essencial de alecrim e 3 gotas de óleo essencial de Hortelã com uma colher de sopa (talvez você precise um pouco mais) de óleo vegetal.

                                        Espalhe no couro cabeludo, massageie bem, deixe por mais ou menos 1 hora e depois lave normalmente.

                                        • Ovos

                                        O ovo também é um tratamento bem conhecido para queda de cabelos, visto que é rico em ácidos graxos saturados e insaturados e contém 12 vitaminas, 14 minerais, 20 aminoácidos e carotenoides, que são excelentes nutrientes para o couro cabeludo.

                                        A gema contém proteínas, gorduras e biotina que são hidratantes naturais. A clara possui enzimas de bactérias que retiram o excesso de oleosidade deixando os fios limpos e brilhantes.

                                        Coloque o ovo inteiro em uma tigela, junte uma colher de sopa de óleo de coco, misture tudo muito bem e espalhe no couro cabeludo fazendo massagem. Lave os cabelos depois de deixar agir por 20 minutos.

                                        • Chá verde

                                        O chá verde possui propriedades antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres, que muitas vezes causam queda dos fios de cabelo. Ele também melhora a saúde do couro cabeludo pois regula a oleosidade excessiva, estimula o crescimento dos fios e impede a proliferação de doenças do couro cabeludo como por exemplo a caspa.

                                        Pronto, agora você já conhece uma série de opções de tratamento natural para queda de cabelo. Aproveite essas dicas e boa sorte!

                                        Leia também: HairPower , o mais novo produto natural para combater a queda de Cabelo que vendeu milhares de unidades em todo Mundo, HairPower!

                                        Conheça mais sobre a linha Plancton Professional

                                        Desenvolvida em 2008, a ;linha Professional ;trata e cuida de todos os tipos de cabelos, além de ;deixá-los com efeito de salão sem você precisar sair de casa.

                                        A marca investe em qualidade e matérias primas naturais. Suas fórmulas são desenvolvidas com ativos poderosos como: o Óleo de Argan, o Óleo de Avelã, Óleo de Abissínia, Óleo de Apricot, Coconut, entre outros.

                                        Uma linha completa com produtos para: reduzir o volume dos cabelos, fazer restauração capilar, descolorir ou matizar os cabelos, além de hidratar e nutrir os fios. ;

                                        Fora isso, ela traz a linha Home Care com os Finalizadores e a linha Cachos. Tudo isso feito com a tecnologia e a inovação que a Plancton Professional proporciona para você. ?

                                        Os Produtos da ;linha Megalizz Professional

                                        Escova Progressiva Megalizz:

                                        Anigi

                                        Indicada para quem tem os fios fragilizados, mas quer manter o cabelo liso em dia. Promove a renovação da textura dos cabelos, hidratando e restaurando as camadas internas dos fios.

                                        O resultado é o aumento da resistência, a redução do volume e do frizz.

                                        O cabelo fica literalmente blindado” contra novas agressões do dia a dia. Seus ativos envolvem os fios reduzindo o volume dos cabelos, pois penetram profundamente em todas as camadas da fibra capilar, recuperando os fios enfraquecidos e danificados.

                                        Além desta Progressiva, a Plancton Professional possui a Escova Definitiva, também conhecida como Alisamento Japonês, que deixa os seus cabelos extremamente lisinhos, com um resultado bem parecido com o look das mulheres orientais.

                                        Produtos sem Parabenos:

                                        Produtos sem conservantes, químicas que são utilizadas majoritariamente no mercado para preservar e prolongar a validade dos produtos de beleza. Pensando em você, a Plancton Professional produziu seus produtos sem parabenos, assim você fica bem longe de alergias cutâneas e do envelhecimento precoce da pele.

                                        Tem Shampoo Whey Protein Capilar, Máscara Reconstrutora, Máscara Hidratante, Máscara de Nutrição, Shampoo Detox Oxigenação Capilar, Shampoo Hydraspacial, Banho de Verniz e muito mais!

                                        O leave-in é um produto formulado com substâncias específicas para hidratar os cabelos após a limpeza dos fios.

                                        Bem parecido com o creme para pentear, ele não precisa de enxágue e pode ser encontrado em diferentes versões para todos os tipos de cabelo. Conheça o Detox Oxigenação Capilar Plancton Condicionador 3 em 1 que pode ser usado como condicionador, leave-in e defrizante com proteção térmica. Tem também o leave-in Whey Protein Capilar que é um suplemento capilar, altamente nutritivo para a saúde dos fios. A Plancton Professional tem uma linha especial para os homens também se cuidarem, a MEN BARBER. Um mix de ativos ricos em nutrição, brilho e combate ao frizz. O leave-in vem com Óleo de Café Verde, Canela e Chá Verde, proporcionando um tratamento equilibrado que hidrata os fios, resultando em barba e cabelos livre de frizz.

                                        Os condicionadores da linha Plancton Professional são indicados para todos os tipos de cabelo. Cabelos quebradiços ou danificado por poluição, cloro, sal, cosméticos e químicas que deixam os fios opacos, pesados e sem vida. Um best seller conhecido entre a mulherada antenada é o Leave-in Garotas Com Cachos Plancton Professional Higienizador Co-wash. Queridinho das mulheres de cabelos cacheados, ele proporciona higienização, nutrição, hidratação e finalização dos fios. Contendo Óleos Nutritivos, que protegem os fios contra o ressecamento, disciplinam e controlam o frizz proporcionando brilho máximo.

                                        É perfeito para o todas as cacheadas que querem cachos poderosos e perfeitos.

                                        Anigi

                                        O finalizador de cabelo serve para definir cachos, diminuir o frizz e o volume.

                                        Você deve aplicá-lo depois de lavar e condicionar.

                                        A linha completa traz finalizadores com protetores térmicos, que suavizam os fios, deixando-os super sedosos, macios e com brilho. Melhor ainda é que eles existem em diversas opções de acordo com a que mais adapta-se aos seus cabelos: em creme, spray, fluido de silicone ou até gelatina capilar. Você quem escolhe!

                                        Se você tem os cabelos loiros e quer cuidar de todo o processo, do início ao fim, a linha Professional te ajuda! São pós descolorantes e água oxigenada de vários volumes, desamareladores e matizadores feitos para deixar o seu cabelo com efeito perolado e muito mais.

                                        Sua formulação contém o Óleo de Oliva e Manteiga de Karité.

                                        As ruivas também tem vez com a linha Megalizz Professional, e podem matizar os seus cabelos deixando-os com tons alaranjados, avermelhados ou marsala.

                                        Usar ferramentas de calor nos cabelos podem prejudicar a saúde dos fios. Pensando nisso, a linha Plancton Professional desenvolveu protetores térmicos especiais para cuidar ;dos cabelos e protegê-los. Eles devolvem o brilho natural dos cabelos e agem contra ação das toxinas e radicais livres.

                                        Para hidratar os seus cabelos e deixá-los mais macios e nutridos, conheça a Máscara Hydraspecial Banho de Verniz. Sua fórmula possui Lunna Matrix e Manteiga de Cupuaçu. Ela aumenta a umidade natural e a elasticidade do cabelo, condicionando-os devido ao seu alto poder de absorção de água. Tem também o Kit Cronograma Plancton Professional Máscara de Hidratação, Nutrição e Reconstrução para você ficar em dia com o seu cronograma capilar.

                                        Para você que quer cuidar dos fios e ao mesmo tempo alisá-los, existem os cremes alisantes da linha Megalizz Professional que zelam pela beleza dos seus cabelos deixando-os lisinhos e com um brilho incrível.

                                        Desenvolvido para todos os tipos de cabelos, o detox capilar é indicado especialmente para os cabelos expostos aos danos do dia a dia. Sua fórmula restaura e devolve o brilho natural ao cabelo. Além disso, ele desintoxica, promovendo maior oxigenação dos fios. Estimula o crescimento de fios fortes e saudáveis. Remove as impurezas dos cabelos. Combate os radicais livres, nutre e protege os fios.

                                        Para quem quer melhorar o crescimento e diminuir a queda dos cabelos, o Tônico Capilar é o produto ideal do Megalizz. Ele age fortalecendo o folículo capilar, deixando a raiz dos cabelos mais forte, promovendo uma vida longa aos fios. Tudo isso e ainda deixa as fibras saudáveis e mais resistentes. Um arraso!

                                        Promovem a nutrição e definição dos seus cachos. Contém Extrato de Maracujá e Manga, além de Vitaminas A e C. Seus cabelos ficarão extremamente nutridos, macios e brilhantes.

                                        Um poderoso aliado para cuidar da beleza dos fios deixando-os sedosos, macios e com brilho. Sua fórmula também contém o Óleo de Maracujá e de Manga. É rico em vitaminas A, C e Complexo B. Power nutrição para os seus cabelos!

                                        A linha Megalizz Professional tem shampoo fortificantes que além de deixar o seu cabelo bem limpinho e com um aroma incrível, ele deixa os fios mais fortes e resistentes. Foi desenvolvido para recuperar os cabelos danificados, além de restaurar os fios desestruturados, desidratados, quebradiços, opacos e sem vida

                                        . Existe também o shampoo para quem quer matizar os cabelos, sua fórmula hidratante possui Argan Oil e Ojon Oil, é sem parabenos e garante uma sensação natural nos cabelos, prolongando o efeito liso e platinado por até 3 semanas.

                                        Ufa! São muitos produtinhos m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o-s pra você ir correndo testar!

                                        Leia também: Anigi resenha? O Novo Sucesso do ramo da saúde que recentemente chegou no Brasil: Anigi onde comprar encapsulado natural que vem ajudando muitos clientes em todo continente americano no tratamento da calvície.

                                        Crescimento Capilar com Capifix

                                        Crescimento Capilar com Capifix: esse é um assunto que interessa a muita gente! Mesmo quem é fã dos cabelos curtinhos, não quer se preocupar caso algum dia queira adotar os fios longo.

                                        Nos últimos anos, surgiram muitos produtos para atender à demanda de quem quer cabelos longos e saudáveis. Será que é possível dar uma velocidade maior à natureza?

                                        É o que veremos hoje!

                                        Como o cabelo pode crescer mais rápido?

                                        A gente precisa ser honesto: até o momento não é cientificamente comprovado que algo possa acelerar o crescimento capilar. Os fios costumam crescer em média 1,5 cm por mês.

                                        Entretanto, há pessoas que não conseguem essa taxa de crescimento. Por outro lado, também tem gente que vê os fios crescendo até 4 cm por mês! Mas existem inúmeros fatores que justificam essa diferença: metabolismo, alimentação, estilo de vida, genética etc.

                                        Resumindo: a forma mais rápida para “fazer crescer cabelo” ainda não existe. O ideal é que os fios estejam fortes, o couro cabeludo saudável e com boa circulação sanguínea. Outros fatores como a oleosidade da raiz controlada, sem resíduos e saúde em dia, também influenciam no crescimento capilar.

                                        Determinando a causa do problema de crescimento capilar

                                        Você percebeu que seu cabelo cai muito e cresce pouco? Então, antes de mais nada, o ideal é consultar seu dermatologista de confiança.

                                        Diversos fatores podem causar este problema, como hormônios, deficiência de vitaminas, como a B12 e a vitamina D, e até mesmo fatores como o estresse.

                                        Descartadas estas hipóteses, a nossa alimentação deve ser variada e rica em alimentos saudáveis. Cenoura, oleaginosas e outros alimentos com vitaminas A e E ajudam a fortalecer os fios.

                                        Outra dica é analisar sua rotina.

                                        Você não descansa o suficiente, não pratica exercícios ou está muito estressada? Isso contribui para deixar os fios mais fracos e até mesmo aumentar a queda. Sabendo isso, é hora de cuidar das madeixas.

                                        Como fortalecer o cabelo?

                                        O fortalecimento dos fios é essencial para ter mechas longas e saudáveis. Mas atenção: o excesso de produtos ricos em proteínas, aminoácidos e afins também pode ser prejudicial.

                                        O ideal é que produtos de reconstrução sejam utilizados a cada 8 ou 15 dias, no máximo. Caso contrário, o seu fio pode quebrar, por causa da saturação de proteínas na fibra capilar.

                                        Shampoo Antirresíduos

                                        Você também pode usar shampoo antirresíduos a cada 15 dias para fazer aquele detox básico e deixar os fios “respirarem” um pouco. A limpeza profunda permite a penetração de vitaminas e nutrientes com maior facilidade, fortalecendo os fios.

                                        Fios fortes não quebram com facilidade, logo, crescem mais rápido. Durante a aplicação do shampoo, massageie bem as mechas e o couro cabeludo para ativar a circulação sanguínea da região.

                                        Pode passar na raiz?

                                        Não aplique outros produtos (além do shampoo) na raiz ou no couro cabeludo.

                                        A imensa maioria dos condicionadores e máscaras, quando aplicados na raiz dos cabelos, obstruem os poros e os folículos capilares, deixando os fios fracos e impedindo novos fios de nascerem. Não durma com os cabelos molhados.

                                        A umidade na raiz dos cabelos impede que o couro cabeludo seja devidamente oxigenado durante seu repouso.

                                        Além disso, use produtos de qualidade, que tratem os fios de dentro para fora, estimulando a resistência e o crescimento capilar saudável. Existem produtos com o objetivo de estimular o crescimento. Eles são focados na fortificação do fio e na desintoxicação do couro cabeludo.

                                        Dúvidas Comuns

                                        “Shampoo Bomba”ou Capifix funciona?

                                        Depende! Existem “Shampoos Bomba” fabricados por empresas conhecidas de cosméticos que tendem a funcionar, caso as orientações sejam seguidas à risca. Por exemplo: um shampoo que não é de uso diário não pode ser usado todo dia, pois dará um certo “efeito rebote” e o cabelo pode cair.

                                        As receitas caseiras divulgadas na internet podem até funcionar, mas também depende do que se é utilizado. O café, alguns chás naturais, como o chá de hibisco, e óleos, como o óleo de rícino, óleo de coco etc., podem ser uma boa pedida

                                        Há pessoas que recomendam, erroneamente, adicionar um famoso concentrado de Vitamina A, de uso veterinário, no shampoo.

                                        Essa combinação pode ser perigosa e causar hipervitaminose, alergias severas e hipersensibilidade do couro cabeludo. Apenas vitaminas e complementos de uso cosmético são seguros.

                                        Ah! Lembre-se também que nem tudo que serve para uma pessoa, serve para outra, por isso muito cuidado e discernimento nas escolhas!

                                        Meu cabelo cresceu rápido e agora está caindo muito. O que pode ser?

                                        Tudo na natureza tem um ciclo, inclusive os cabelos. Se você usa (e abusa) de ferramentas que aceleram o crescimento capilar, estará acelerando também o fim do ciclo do fio, afinal, o cabelo se renova também.

                                        É comum perder até 100 fios por dia, sem que isso signifique algum problema. Isso porque todos os dias nossos cabelos encerram seus ciclos e se soltam naturalmente, para dar lugar a novos fios. Por isso, faça tudo com moderação e tenha resultados mais duradouros.

                                        Produtos para crescimento capilar podem ser usados em barba?

                                        Produtos para crescimento de cabelo (no caso dos cosméticos como shampoo, tônico, entre outros), geralmente não tem contra indicação e podem ser utilizados na barba. Porém, recomendamos sempre consultar o fabricante ou seu dermatologista de confiança.

                                        Lactantes podem usar produtos para crescimento capilar?

                                        Após 4 meses do parto é comum mulheres sentirem seus cabelos caírem mais. Essa patologia é chamada de eflúvio telógeno e é bastante comum. A recuperação acontece de forma natural durante o período de 3 a 6 meses. Não é necessário o uso de estimulantes.

                                        Se o problema persistir por mais tempo, pode ser que a queda tenha outra causa e então é importante consultar o seu médico de confiança. Os produtos próprios para crescimento capilar geralmente podem ser utilizados nesse período. Sem excessos e sempre após a autorização do seu médico.

                                        Cortar o cabelo com frequência auxilia no crescimento capilar?

                                        Pode auxiliar sim, porque quando você retira pontas duplas ou ressecadas, por exemplo, permite que o fio continue crescendo de forma saudável. Um fio que não esteja com as pontas boas pode quebrar com mais facilidade e não manter os nutrientes na fibra capilar.

                                        Agora que você já sabe todas essas dicas para um crescimento capilar saudável, é hora de botá-las em prática!

                                        O que é CapiFix e Depoimentos

                                        Quando você vai atrás dos depoimentos de CapiFix percebe que eles são realmente inspiradores.

                                        Eles nos deixam mais seguros na hora de decidir. Então separei alguns deles para que vocês vejam o que ele tem feito por aí:

                                        Gostou das dicas? Acompanhe o nosso Facebook e o nosso Instagram para ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos cabelos!

                                        As Dietas Mais Malucas da História

                                        Perder peso realmente não é nem de longe uma das tarefas mais fáceis. Praticar exercícios e seguir uma dieta balanceada exige disciplina, esforço, dedicação e paciência. E para tentar cumprir esse desafio, o que não faltam são métodos dos mais variados tipos que prometem deixar o emagrecimento mais fácil ou rápido.

                                        Enquanto algumas dietas são sérias e baseiam-se na obtenção de nutrientes e inclusão de alimentos saudáveis no cardápio, outras são bem malucas e até prejudiciais à saúde. Hoje, nós vamos conhecer algumas das dietas mais absurdas da história:

                                        1. Mudar de endereço

                                        Está acima do peso e deseja ou precisa emagrecer? Basta mudar de endereço! Pelo menos era essa a premissa do método de emagrecimento sugerido por Thomas Short no ano de 1727. Ele foi o autor de um tratado chamado “The Causes and Effects of Corpulence” (As causas e feitos da corpulência, em tradução livre), em que verificou que as pessoas com excesso de peso costumavam morar próximas a pântanos. Então, sua recomendação era que essas pessoas mudassem de endereço e passassem a viver em locais de climas mais áridos.

                                        “The Causes and Effects of Corpulence”“The Causes and Effects of Corpulence”

                                        2. Morrer de fome

                                        Nos anos 1800, durante o século 19, a moda entre a classe média e a aristocracia da Europa Ocidental era se privar da alimentação – basicamente ficar morrendo de fome – para adquirir uma aparência de debilidade e fragilidade, que na época era relacionada à pureza espiritual e feminilidade.

                                        3. A dieta do vinagre

                                        Em 1820, o poeta britânico Lord Byron, que era bulímico e anoréxico, popularizou a chamada dieta do vinagre. Com o objetivo de “purificar” o seu organismo, ele tomava diariamente várias porções de vinagre com água, juntamente de um chá misturado com ovo cru. Os efeitos colaterais desse hábito eram vômito e diarreia, que obviamente faziam com que ele perdesse peso, mas não de forma saudável.

                                        4. Mastigar sem engolir

                                        Elaborada por um negociante de arte de São Francisco, nos Estados Unidos, chamado Horace Fletcher, esse método determinava que se uma pessoa mastigar um alimento e não engolir, conseguirá perder peso. A técnica do método baseava-se em mastigar cada pedaço dos alimentos 32 vezes para absorver os nutrientes da comida, sem ganhar quilos a mais.

                                        O próprio Fletcher chegou a creditar a perda de mais de aproximadamente 18 kg a essa dieta.

                                        5. A dieta do cigarro

                                        Se hoje em dia doces como o chiclete servem como método para acabar com o vício do cigarro, como é o caso do chiclete de nicotina na chamada Terapia de Reposição de Nicotina (TPR), há algumas décadas atrás a situação era justamente a contrária.

                                        É que lá pelo ano de 1925, as empresas fabricantes de cigarro anunciavam seus produtos como benéficos à saúde como opções para substituir as guloseimas. Uma delas, a Lucky Strike, prometia que com somente uma tragada, os consumidores não sentiriam mais falta dos doces que fazem engordar.

                                        Lucky StrikeLucky Strike

                                        6. A dieta do povo Inuit

                                        Considerada uma versão extrema da dieta Atkins, que restringe a ingestão de carboidratos nas refeições, esse plano foi apresentado pelo explorador Vilhjalmur Stefansson.

                                        Quando passou um tempo com o povo Inuit, do Canadá, ele ficou maravilhado pelo fato de que eles eram saudáveis apesar tendo uma alimentação baseada em caribu, peixe cru e gordura de baleia, sem consumir muitas frutas e vegetais.

                                        O explorador não só ficou atraído por essa dieta, como também afirmou ter incorporado a sua vida. Para provar a eficácia do método, ele foi avaliado por médicos de um hospital de Nova Iorque, que monitoraram o seu coração durante meses e constataram que ele estava saudável.

                                        7. A dieta do sono

                                        Dormir é uma maneira de se desligar do mundo e ficar impedido de fazer diversas atividades, incluindo se alimentar. Partindo dessa ideia é que surgiu, durante a década de 1960, a “The Sleeping Beauty Diet” (A Dieta da Bela Adormecida, tradução livre). Para ficar sem comer, os seguidores do método sedavam-se poderosamente, de modo que dormissem durante dias.

                                        The Sleeping Beauty DietThe Sleeping Beauty Diet

                                        8. Esqueça as calorias

                                        Essa era a premissa de um método de emagrecimento divulgado pelo médico Herman Taller em um livro no ano de 1961. Ele afirmava que se uma pessoa restringisse o consumo de carboidratos e ingerisse comidas ricas em proteínas e gorduras, ela não precisaria se preocupar com a quantidade de calorias presentes em cada alimento.

                                        Isso se juntamente com os alimentos, ela também ingerisse 85 g de óleo poli-insaturado, substância encontrada em uma pílula que era fornecida por ele. A justificativa do médico é que a mistura das proteínas, das gorduras e do óleo estimulava a perda de peso, que poderia chegar a cerca de 30 quilos em oito meses.

                                        Entretanto, o método provou ser um pouco duvidoso, quando o doutor Taller foi acusado de usar o seu livro para promover determinada marca de óleo. Além disso, em 1967, ele foi julgado e condenado por fraude postal e conspiração.

                                        9. Dieta Prolinn

                                        Durante os anos 70, surgiu a dieta Prolinn. Criada por um médico chamado Roger Linn, ela determinava que as pessoas não ingerissem nenhum alimento, a não ser uma bebida elaborada por ele – o tal do Prolinn – feito de chifre de animais, ossos, cascos, tendões e outros subprodutos de origem animal, tratados com sabores artificiais e enzimas. A substância não provia nenhum nutriente ao organismo e tinha apenas 400 calorias.

                                        Resultado: pelo menos 58 pessoas que tentaram o método sofreram de ataques no coração. Sabendo que o organismo necessita de nutrientes para funcionar corretamente e que excluí-los da alimentação causa sérios danos à saúde, essa dieta claramente não poderia ser recomendada.

                                        10. A dieta do ar

                                        Essa ;dieta maluca simplesmente exige que as pessoas parem de comer e passem a sobreviver somente com o ar. Os seguidores acreditam que a partir do momento que um ser humano consegue se harmonizar com o mundo, ele não precisa mais de comida, água ou sono.

                                        Para provar o quão furada e perigosa essa dieta é, vale registrar aqui que uma australiana chamada Jasmuheen, adepta do método, submeteu-se a um teste para um programa de televisão a fim de comprovar a dieta. Depois de quatro dias de experiência, o projeto teve que ser cancelado pois a mulher estava bastante desidratada, com as pupilas dilatadas e apresentava fala arrastada.

                                        11. A dieta da visão

                                        Tendo em vista que cores como amarelo e vermelho são conhecidas por abrirem o apetite e o azul diminuir, uma empresa japonesa criou os óculos da dieta. Com lentes azuis, a promessa da fabricante é que elas fazem com que os alimentos pareçam menos apetitosos e assim o desejo de comê-los diminua.

                                        12. A dieta do algodão

                                        Já pensou em incluir algodão na sua alimentação? Pois é isso que os adeptos da dieta do algodão fazem. Dá para comer seco ou misturado com um pouco de gelatina. A justificativa é que o produto proporciona a sensação de saciedade ao organismo, o que ajuda a diminuir o consumo de alimentos mais calóricos. Ele até contém altas doses de fibras, só que não aquelas que o organismo humano necessita.

                                        Fonte:http://jenios.com.br/phyto-power-caps-resenha/

                                        Vitiligo é Contagioso? É transmissível? Como Funciona?

                                        O vitiligo não é contagioso, formando-se pela perda ou diminuição da melanina na pele. Não se sabe bem ao certo o motivo e a causa da doença, mas acredita-se que ela seja autoimune. Também se supõem que traumas e mudanças emocionais podem desencadear a descoloração nas regiões afetadas. Além de não ser uma doença contagiosa, o vitiligo não traz malefícios à saúde de quem o possui. Apenas 1% da população sofre com a doença, sendo que 30% dos casos são genéticos.

                                        O vitiligo acontece quando as células que produzem a melanina morrem ou deixam de produzi-la, que é o pigmento que dá coloração ao cabelo, aos olhos e à pele. Quanto mais melanina, mais pigmentada a pele ficará, sem ela, começam a aparecer as manchas brancas.

                                        Como não se sabe ainda o porquê de isso acontecer, a teoria mais aceita é que o vitiligo é autoimune. O corpo começa a atacar e destruir os melanócitos, célula que produz as melaninas. Apesar de não estar acompanhada de qualquer outro sintoma, alguns pacientes relatam sensibilidade na região afetada. A preocupação maior é com a autoestima do paciente, que acaba sendo prejudicada. 

                                        O que é Vitiligo?

                                        No vitiligo, acontece a hipopigmentação, que deixa as manchas em diferentes tamanhos e em diferentes regiões do corpo. Não há ao certo como prevenir a evolução das manchas, que podem regredir, evoluir ou estabilizar, não contando com um padrão.

                                        Apesar de poder impactar pessoas com qualquer coloração de pele, o vitiligo é mais comum em indivíduos com pele mais escura. A doença pode até ter cura, mas depende da resposta do organismo do paciente.

                                        Ademais, não há uma idade certa para apresentar os sintomas, mas, geralmente, os surtos começam a surgir por volta dos 20 aos 30 anos, em que há a maior incidência do surgimento do vitiligo o que não impede que pessoas mais velhas ou mais novas sofram também com o problema.