Monohidrato de Creatina: suplemento para criar ATP

Monohidrato de Creatina é um suplemento para aumentar as reservas de ATP a nível muscular. Apresenta-Se em envelopes, pó ou comprimido de 1g.

Creatina Monohidrato

O Monohidrato de Creatina: o que é?

A creatina é, possivelmente, um dos suplementos mais populares no setor de nutrição esportiva. Sua capacidade de aumentar as reservas de ATP a nível muscular, fez com que a creatina se tornar uma grande aliada para todos os atletas que procuram treinar com maior intensidade e maior potência.

Monohidrato de Creatina: suplemento para criar ATP

O ATP é a unidade básica de energia do nosso organismo e, portanto, o responsável pela subministrarnos energia durante a prática de exercício. Este ATP pode ser obtido através de diferentes vias metabólicas, entre as quais destacamos a via da “ATP-Fosfato”:

A creatina (C) é armazenada nos músculos em forma de fosfocreatina (PC) e é em frente a uma demanda energética elevada que cede seu grupo fosfato (P) ao ADP para formar ATP. A posterior hidrólise do ATP gerado, liberada grande quantidade de energia que será utilizada pelo organismo para realizar um exercício.

A via da “ATP-Fosfato” exerce sua ação frente a exercícios de alta intensidade e curta duração, ou seja, exercícios que envolvam força e potência, pelo que a suplementação com Creatina Monohidrato CN ajuda a treinar com maior intensidade.

Benefícios da Creatina Monohidrato

Graças a Creatina Monohidrato CN o atleta pode restaurar de maneira rápida e eficaz, os níveis de energia , já que a falta de Fosfocreatina (PC)” constitui um fator limitante na produção de ATP.

Creatina Monohidrato CN é um produto seguro e cientificamente comprovado. São vários os estudos científicos que demonstram os benefícios da suplementação com monohidrato de creatina em atletas, conseguindo um aumento do rendimento muscular, reduzindo a fadiga muscular e acelera os processos de recuperação após intensas sessões de treino.

Como tomar Creatina Monohidrato?

Devem-Se fazer duas tomadas diárias de Creatina Monohidrato: uma depois do treino e outra antes de dormir. É também aconselhável há uma terceira tomada de pré-treino.

Fase de carga

Tomar o equivalente a 15 a 20 g por dia, divididos em 3 tomadas, durante 1 semana.

Fase de manutenção

Tomar 3 g por dia, antes ou depois do treino.

É aconselhável misturar a Creatina Monohidrato CN com Whey Protein Gold para alcançar um maior desenvolvimento muscular.

Apresentação

Creatina Monohidrato CN se apresenta nos seguintes formatos:

  • Caixa de 100 g em forma de 20 pacotes de 5 gramas.
  • Pote de 400 g em pó.
  • Pote de 200 gramas em forma de comprimidos de 1 grama.

Clique aqui para voltar a pagina Teresa Cristina

Creatina Celular ajuda a criar ATP

Creatina Celular Nutrisport é um precursor de ATP, aumenta as reservas de energia nos músculos e é uma fonte de nutrientes essenciais.

Creatina Celular, o que é?

A creatina é, possivelmente, um dos acessórios de maior aceitação no setor de nutrição esportiva por causa dos muitos estudos que demonstraram a sua eficácia.

A creatina tem a capacidade de aumentar as reservas de ATP a nível muscular, algo que a transformou em um grande aliado para os atletas que procuram treinar com maior intensidade e maior potência.

Por isso, em NutriSport desenvolvemos Creatina Celular, um elemento básico na alimentação de muitos desportistas.

Creatina, precursor de ATP

O ATP é a unidade básica de energia do nosso organismo e, portanto, o responsável por fornecer energia durante a prática do exercício. Este ATP pode ser obtido através de diferentes vias metabólicas, entre as quais destacamos a via da “ATP-Fosfato”: a creatina (C) é armazenada nos músculos em forma de fosfocreatina (PC) e é em frente a uma demanda energética elevada que cede seu grupo fosfato (P) ao ADP para formar ATP.

Mas Creatina Celular de NutriSport é mais que um precursor de ATP. Creatina Celular aumenta as reservas de energia nos músculos, graças à sua contribuição de creatina. Ao mesmo tempo, constitui uma fonte de nutrientes essenciais para poder realizar treinamentos intensos.

Creatina Celular: nutrientes

  • L-Glutamina:Por sua abundância na musculatura é um aminoácido essencial para o desenvolvimento da massa muscular, assim como para a sua preservação (“aminoácido anticatabólico”).
  • Taurina:Aminoácido que intervém nos mecanismos de transmissão nervosa, melhorando a capacidade de resposta muscular frente a qualquer estímulo. Melhora o desempenho muscular durante o exercício.
  • Ácido Lipóico:Metabólito essencial no metabolismo energético, por envolvimento em processos de obtenção de energia durante o treinamento.
  • Frutose + Glicose + Maltodextrina:Combinação de hidratos de carbono de cadeia longa e de cadeia curta, que estimulam os processos de absorção da creatina a nível muscular. Além disso, constituem uma fonte energética de libertação prolongada.

Creatina: benefícios

A creatina tem múltiplos benefícios. É um excelente construtor de massa muscular sem aumentar a gordura, por isso que é perfeito se você quiser ganhar peso de forma saudável. Além disso, aumenta a força de todos os músculos e melhora as funções do coração.

Se tomar creatina sentirá mais energia e melhorará o seu desempenho desportivo, principalmente, sobre aqueles esportes que envolvem períodos de força curtos e intensos. Também tem a capacidade de acelerar os processos de recuperação e reduzir a sensação de cansaço.

A creatina é uma ótima opção para exercícios de alta intensidade e curta duração. Embora possa ser utilizada em diversas práticas desportivas, é, em que os anaeróbios, pode-se obter maiores benefícios.

Creatina Celular: modo de uso

Se temos como tomar Creatina Celular:

  • Fase de carga: Tomar 3 doses de Creatina Celular meia hora antes do exercício e 3 doses imediatamente após (por 10 dias).
  • Fase de manutenção: Tomar 3 doses imediatamente após o exercício durante 2 meses.

O aconselhável é combinar a tomada do “pós-exercício” com Whey Protein Gold para alcançar um maior desenvolvimento muscular.

Creatina Celular: apresentação

Você pode encontrar Creatina Celular em sacos de 500 gramas (25 doses).

Sabores de Creatina Celular

Creatina Celular se apresenta no sabor morango e cítrico.

Composição

Ajuda ao desenvolvimento muscular desejado.

L-Glutamina é um aminoácido não essencial, muito abundante no tecido muscular. Tem grandes benefícios e é usado para obter o desenvolvimento muscular desejado.

GLUTAMINA NUTRISPORT LOGO

O tecido muscular é formado por “proteínas”, e estas por sua vez são formadas por aminoácidos.

De entre todos os aminoácidos existentes na natureza, existem alguns que apresentam uma maior proporção nos tecidos musculares, e a L-Glutamina é um deles.

A L-Glutamina é o aminoácido não essencial mais abundante no tecido muscular, aqui, que a sua suplementação é essencial para obter o desenvolvimento muscular desejado. Numerosos estudos científicos têm demonstrado seus benefícios, sobretudo para aqueles atletas que o treinamento exige um elevado desgaste muscular:

Ação anticatabólica:
A L-Glutamina protege a massa muscular e evita o catabolismo durante períodos de jejum prolongado e durante o treino.

Ação anabólica:
Por sua abundância no tecido muscular, L-Glutamina é essencial para a regeneração dos tecidos musculares. Além disso, estimula a síntese protéica, permitindo uma rápida regeneração dos tecidos musculares após o treino.

Ação volumizadora:
A L-Glutamina, promove a hidratação celular, o que contribui para aumentar o volume das células musculares.

Ação reciclador:
A L-Glutamina intervém nos processos de síntese de glicogênio e, portanto, facilita a restauração dos níveis de glicogênio muscular. O glicogênio é a fonte energética principal de nosso metabolismo durante a prática de exercício, por este motivo recuperar os níveis energéticos, uma vez terminada a sessão é imprescindível para alcançar uma óptima recuperação e não cair em overtraining.

Ação imunológica:
A L-Glutamina reforça o sistema imunitário e nos protege de sofrer possíveis infecções decorrentes do stress físico e mental que leva a nossa atividade diária.

Ação detoxificante:
Onterviene na eliminação dos resíduos gerados durante o exercício através do ciclo da uréia.

Ação defatigante:
Tem um importante papel no equilíbrio ácido-base no organismo, combatendo a acidose gerada pelo excesso de ácido láctico gerado durante o exercício.
São muitos os motivos que sustentam a importância da suplementação do atleta com L-Glutamina CN.

Modo de Emprego

Fazer duas doses por dia, uma depois do treino e outra antes de dormir. É também aconselhável há uma terceira tomada de pré-treino.

– Até 80 kg de peso corporal: cada dose equivalente a 3 gramas de L-Glutamina.
– A partir de 80 kg de peso corporal: cada dose equivalente a 5 gramas de L-Glutamina.

Apresentação

– Pote de 400g em pó

– Pote de 150 comprimidos